23 de fev de 2009

O que é que o kuduro tem?

O que é que o kuduro tem?
Conheça o ritmo angolano que faz sucesso no carnaval de Salvador
Da redação (iG)

Não há como permanecer sério quando se ouve a palavra pela primeira vez: kuduro. Esse é o nome do ritmo angolano que está bombando no carnaval de Salvador. Artistas como Daniela Mercury, Margareth Menezes, Carlinhos Brown, Psirico e Ivete Sangalo já atualizaram seus repertórios com a batida frenética. O grupo soteropolitano Fantasmão até compôs uma música, no ritmo, com letra que tenta explicá-lo. Mas, afinal, o que é o kuduro?

Kuduro é uma mistura de semba, um ritmo angolano tradicional, com batidas eletrônicas. O semba, aliás, é velho conhecido dos brasileiros, pois ele é também o ancestral do samba. Talvez por isso o sucesso do ritmo não só em Salvador, mas também no Rio de Janeiro, cidades onde já existem grupos que cantam na cadência do kuduro. Já o nome “kuduro” pode ser uma referência ao principal passo desta dança: a contração das nádegas. “O kuduro tem tudo a ver com o axé. Os dois tem a mesma levada, e se baseiam muito no som da percussão”, afirma o cantor angolano Dog Murras.

Ele veio ao Brasil pela primeira vez há cinco anos e, desde então, tem se empenhado em promover o intercâmbio entre as músicas brasileira e angolana. Em angola, o kuduro é cantado em português, com algumas expressões em kimbundo, uma das línguas locais. No Brasil, Dog Murras fez parceria com Márcio Victor, vocalista do Psirico, e Carlinhos Brown, gravando a canção “Semba Muloji”, que fez sucesso nas rádios de Luanda no ano passado. Os três planejam a gravação de um CD/DVD chamado “Angobahiá”, que incluirá não só o kuduro mas ritmos como kazukuta, semba, axé e samba reggae, com o objetivo de resgatar as origens africanas da música brasileira preservadas na Bahia.

link original

Nenhum comentário: